QUANDO EU PARTIR

"Quando eu partir, por favor, tente entender que estarei em paz...
Quando eu partir, permita-se sofrer a dor da minha ausência do seu modo, chore se precisar, não chore se conseguir...
Quando eu partir, você sentirá que seus pés flutuarão sobre um chão que você não vê...
Quando eu partir, seu coração sentirá emoções que nunca sentiu antes e sua mente te trará uma sessão de fotos, filmes e vídeos dos quais fizemos parte um dia...
Quando eu partir, nada fará sentido, nem o que te dizem, nem o que você consegue absorver...
Quando eu partir, sempre que a saudade apertar, ore, faça sua oração do seu jeito, coloque a intensidade que achar que precisa... isso me fará bem...
Quando eu partir, você questionará a si, aos outros, ao universo, sobre o motivo pelo qual eu não poderia mais ficar...
Quando eu partir, sentimentos ambíguos tomarão conta de você, como entendimento e ira, como coragem e medo, como aceitação e recusa, como entrega e arrependimento...
Quando eu partir, viverá uma montanha russa de sensações, algumas vezes a angústia vai tomar conta e outras vezes, se por algum motivo se sentir melhor, a culpa te perseguirá... não se condene... apenas dê espaço para sentir tudo que chegar até você...
Quando eu partir, não lute contra o luto, apenas o aceite no seu tempo, deixe chegar, ficar e aos poucos, partir...
Quando eu partir, não se prenda ao motivo registrado em um papel, lembre-se que é só protocolo... havia um portal, uma passagem a ser atravessada, apenas segui o meu caminho...
Quando eu partir, somente a minha imagem se extinguirá, mas minha morada estará em muitos lugares...
Na brisa que te toca...
No canto das ondas do mar...
Naquele sol que aquece sua pele...
Naquela sombra que refresca a sua transpiração...
Naquela chuva que purifica as impurezas...
Naquele cheiro das flores que colorem o seu jardim...
Naquele sorriso aberto ou no seu jeito de andar...
Na cor dos seus olhos ou no tom da sua pele...
No jeito de falar e gesticular...
Mas minha principal morada estará no lado esquerdo do seu peito...
É lá, que quando a tristeza te procurar, você deverá abrir as portas e me encontrar, cada batida do seu coração representará os passos que trilharei para te proporcionar a calmaria...
Quando eu partir, não vá comigo, fique, ainda estarei aqui e me mantenha com você...
Quando eu partir, não diga adeus, diga até logo, até breve, até um dia...
Pois quando eu partir, tenha certeza que não será o fim, mas sim um recomeço..."

Grupo Laços de Amor Eterno

Comentários

  1. Depois de um longo período sem postar, estamos reiniciando, para ajudar a caminhar e de mãos dadas está lado a lado , com essas pessoas tão sofridas !!
    Luto compartilhado é um luto amenizado!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O PROCESSO DE LUTO

Feliz Ano Novo

Até Eu Vir Buscá-lo Outra Vez