Seguidores

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Criticar a felicidade



 
Critico a felicidade quando dela me esqueço.
Critico a felicidade quando faço de uma alguém um ninguém, faço a minha raiva espumar em minha alma.
Critico a felicidade quando não olho com misericórdia aquele que me prejudicou. Quando não leio a história de seus olhos em teu olhar. Quando não enxergo que ele ainda não foi apresentado ao Deus do amor.
Critico a felicidade quando o meu rosto não é pleno em meu espelho, quando as rugas não significam linhas de memórias e lembranças. Quando o meu corpo não é por mim aceito.
Crítico a minha felicidade, quando olho para o problema do outro e apenas vejo o meu “eu então”, quando não ouço a sua dor, quando não compadeço de seu problema.
Critico a felicidade, quando a alegria do jovem não me contagia, quando os risos da mesa ao lado, não me motivam e me fazem bufar. Quanto não respeito o outro, quando não encontro em suas palavras uma maneira de me melhorar.
Critico a felicidade, quando tudo minha volta se enche do meu eu, quando o mundo parece composto por apenas a minha vontade, quando não percebo que sempre o outro tem e contém uma parte que eu não tenho.
Critico a felicidade quando me torno comparação e minha fala passa a ser norma e não penso no outro porque o subestimo.
Critico a minha felicidade quando não percebo o mal que certeza tem, e que ela é falta do conhecimento do meu eu,
Critico a felicidade, quando não vejo a minha incapacidade de estabelecer o limite do narcisismo e do meu próprio fracasso.
Critico a felicidade, quando não celebro o amanhecer, quando não quero que a água se torne vinho, quando as lágrimas não limpam a minha alma.
Critico a felicidade quando não vejo o Cristo na cruz, na imagem de um irmão necessitado. Quando não encontro um Jesus ressuscitado porque não ouvi de um desconhecido um bonito gesto de cumprimento.
 
Eliete Gomes

2 comentários:

  1. Olá Zelinda,
    Amei reler essa mensagem que você me enviou por e-mail, é linda, edificante, perfeita reflexão!
    Quanta verdade contida em cada frase, como esta: "Critico a felicidade, quando não respeito o outro, quando não encontro em suas palavras uma maneira de me melhorar", profunda e verdadeira! Criticamos a felicidade porque ainda não abrimos nosso coração para o entendimento, porque não queremos mudar, e porque ainda não aprendemos a olhar a vida com mais gratidão e nem percebemos que a felicidade está mais perto do que se imagina. Saber viver, mesmo nos piores momentos, é o melhor caminho para ser feliz!
    Parabéns à vocês pelo post!
    Um beijo minha amiga querida.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga..
      Obrigada pelo teu comentário que sempre me fortalece e entender melhor a vida.
      A felicidade são momentos que Deus nos proporciona para dizer estou aqui meus filhos amados..
      Faça o melhor hoje e sempre..
      Amanhã teremos a missa em Homenagem a Santa Rita de Cassia vou colocar todas vcs mãezinhas especiais no altar para receber a benção da nossa mãe.
      Um final de semana de muita LUZ.

      Excluir