Seguidores

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Uma janela...



A Arte de Ser Feliz 


Houve um tempo em que minha janela se abria sobre uma cidade que parecia ser feita de giz. 
Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco. 

Era uma época de estiagem, de terra esfarelada, e o jardim parecia morto. 
Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde, e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas. 
Não era uma rega: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse. 
E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz. 

Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor. 
Outras vezes encontro nuvens espessas. 
Avisto crianças que vão para a escola. 
Pardais que pulam pelo muro. 
Gatos que abrem e fecham os olhos, sonhando com pardais. 
Borboletas brancas, duas a duas, como refletidas no espelho do ar. 
Marimbondos que sempre me parecem personagens de Lope de Vega. 
Às vezes, um galo canta. 
Às vezes, um avião passa. 
Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino. 
E eu me sinto completamente feliz. 

Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas, 
que estão diante de cada janela, 
uns dizem que essas coisas não existem, 
outros que só existem diante das minhas janelas, 
e outros, finalmente, 
que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim. 


Cecília Meireles 

3 comentários:

  1. Querida Zelinda!
    A felicidade está nos olhos de quem sabe ver! Essas pequenas felicidades existem diante de qualquer janela, basta querer enxergá-las!
    Bela postagem!

    Amiga, andei sumida por alguns dias. Como já havia falado, passei a noite toda do dia 31, fazendo meu trabalho voluntário de apoio emocional, e a partir de 1º de janeiro me recolhi, para pensar, refletir e reavaliar minha vida.. Foi muito bom!
    Quero agradecer a vc por todo carinho, pela tua generosidade e por ser sempre solidária comigo. É maravilhoso e gratificante ter amigas queridas e especiais como você, para poder partilhar momentos da minha vida. Muito obrigada!
    Desejo que a luz de Cristo brilhe sempre em seu caminho. Muitas alegrias, amor e paz para vc e seus amados.
    Beijo no coração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ilca..
      Obrigada pelo seu comentário, sempre muito carinhoso..
      Fiquei feliz de saber do teu trabalho voluntário, no ultimo dia do Ano, é muito gratifiante, bastante cansativo, no fundo um bálsamo para a nossa alma.
      Thais está muito orgulhosa da mãe especial apesar de tanta dor e saudades consegue ajudar e pensar no bem do próximo.
      Hoje vejo com outros olhos, um mundo melhor e conseguindo ser uma outra pessoa, entendendo e aceitando e me reciclando, acredite foi os amigos que conquistei através do blog ASDL, você foi um presente de Deus como tantos outros.
      Continue escrevendo e dando aquela força vc é Demaissssssssssss.
      Beijos amiga.

      Excluir
  2. Oi Zelinda,
    Passando apenas para desejar um ótimo final de semana pra vc querida amiga. Boas energias, paz, amor e muito mais...
    Obrigada pelas tuas palavras de incentivo, carinho e doses de ânimo!
    Beijos em seu amoroso coração.

    ResponderExcluir