Seguidores

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Uma dica simples de atividade lúdica para você ajudar a criança enlutada...


Para ajudar na progressão do luto, trabalhando a lembrança de tempos e acontecimentos associados à pessoa que morreu, você pode pode se utilizar da técnica “Livro eu me lembro”. 
Comece perguntando à criança se ela gostaria de escrever um livro especial sobre a pessoa que morreu. A partir da aceitação da criança, numa folha solta de papel, você anota todas as lembranças que ela tem da pessoa que morreu. Dependendo da idade da criança, você pode escrever uma pequena descrição do falecido, juntamente com suas preferências de comidas, time de futebol, dentre outras e pode acrescentar elementos que em comum ou não com a criança. Posteriormente, você e a criança decidem juntos a sequência em que esses fatos/lembranças devem entrar no livro, sendo que  pode ser em ordem cronológica ou classificada por tópico, ou como a criança achar melhor. Ambos escrevem o livro juntos, embora a criança deva fazer sozinha o máximo que for possível. Podem ser incluídas no livro fotos ou ilustrações, velhos ingressos de eventos nos quais a criança e a pessoa falecida foram juntas, ou outras recordações. No final do livro, você acrescenta um lembrete de que embora a pessoa tenha morrido, as lembranças podem ser mantidas vivas.
*Essa dica de atividade é especialmente para terapeutas e outros profissionais que trabalham com crianças enlutadas.

Fonte: Hobday, A., & Ollier, K. (1998). Terapia criativa: atividades com crianças e adolescentes. São Paulo: Edições Loyola.

Consultório de Psicologia Deise Azevedo  --- Fone: 045 9838-4425

Nenhum comentário:

Postar um comentário