Seguidores

terça-feira, 15 de março de 2011

"Perder um filho ou filha"


É como acordar e ver que tudo não passou de um sonho;
É como voltar de marcha-ré todo o caminho já percorrido;
É voltar a ser uma pessoa “comum” depois de um tempo se sentindo “especial”;
É ter que esperar passar o tempo para se sentir melhor;
É sentir que tudo ficou sem graça;
É saber que isso acontece, com muitas pessoas, mas não sentir alivio por não estar sozinha!, e é péssimo!
É sentir solidão porque já havia se acostumado em vê-la todos os dias.
É procurar a causa da perda mesmo sabendo que não dá para encontrar;
É ter acreditado que comigo não aconteceria esse imprevisto e perceber que essa sensação de proteção é falsa;
É sofrer sozinha, apesar do apoio das pessoas;
É ter que encarar de frente a sensação de incompetência;
É exercitar a paciência para esperar o que o destino está guardando;
É sorrir, mas o coração esta em pedaços, e ter que caminhar com uma saudade infinita no peito..."

"Uma mãe que entrega seu filho a Deus, não é uma simples mãe, é uma mãe coragem. Olhar o sol nascer todos os dias e ver o mundo caminhar mesmo com seu coração estraçalhado, também é dom. Dom de resignação, dom de poder compreender que há mais mistérios entre o céu e a terra que nós pobres mortais podemos compreender. Dom de fé e coragem.
Com você mãe de um filho que partiu, segue uma companheira constante, a SAUDADE. Com você grande mulher, segue uma certeza: MORRER NÂO É O FIM.
Mãe que dorme e acorda todos os dias com coragem suficiente para fortalecer sua família, socorrer os aflitos, necessitados, abandonados; angustiados.
Mulher que carrega em si a força da vida. Mãe tão especial que consegue carregar uma cruz tão grande. Mulher mãe, tu sabes que a força que tens vem do amor que tudo suporta."

Saudades eternas, minha filha Caroline, mamãe te amará eternamente.

 
Peço a todos que lembrem em suas preces de tantas e tantas mãezinhas que assim são obrigadas a sobreviver.
 
Abraços,
 
Patricia





Carlos


Abaixo um poema de Rosana para seu filho Carlos:


Carlos, you've "gone" but my heart beats on.
It'll keep on beating and repeating:
we'll meet again we'll meet again.
Till then, you'll live on in my heart,
we're never really apart!
A fusing of spirits
in silent adoration
of our God
within
this frail
frame of mine,
in essence all Divine.


Mum

9 comentários:

  1. Querida Patricia, obrigada pela mensagem, que me enviou e eu na hora pensei... não pode ficar só comigo vou pedir para a Veronica postar no Blog e poder compartilhar com vcs.
    Aonde a Carol estiver tenho absoluta certeza, que ela está comandando e liderando uma legião de anjos, enviando mensagens que possam nos fortalecer e enterder que temos no céu um pedaçinho, uma celúla nossa ao lado de DEUS.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigada minha amiga. Cada dia é uma luta que temos a vencer. Neste meu blog, relato também minhas batalhas, afinal , somos tão iguais:
    http://queroumcaminho.blogspot.com

    Se quiserem conversar lá comigo também, fiquem à vontade. Precisamos umas das outras.

    Eu trago, apesar da minha saudade profunda, a certeza no meu coração que minha filha é um Anjo. Obrigada novamente.

    ResponderExcluir
  3. Patricia, é tão igual essa dor, imensuravel... e a saudade então...
    Que os nossos anjos estejam felizes com Jesus, ajudando outras pessoas , evoluindo e nos esperando para sermos felizes novamente.
    Um abraço fraterno,
    Eliane Strobel

    ResponderExcluir
  4. É só o que pensamos,amiga Eliane, no reencontro. Nossa vida se divide antes e depois da passagem deles. E dói muito lembrar do quanto fomos felizes um dia.
    Outro abraço com carinho,
    Patricia

    ResponderExcluir
  5. Rosana, lindo o seu filho! lindo o seu poema! Obrigada Carlos por voce ter existido, e obrigada Rosana por você ter fundado esse grupo dos amigos solidários na dor do luto, que tem ajudado tantas mãezinhas viverem um pouco melhor, apesar da grande dor da ausência física de seus filhos... Obrigada e um beijo em seu coração!
    Hilda

    ResponderExcluir
  6. Hilda,
    a Rosana vai ficar muito feliz com o seu comentario tão sensível e afetuoso... Obrigada por compartilhar conosco esse carinho imenso!
    abraços

    ResponderExcluir
  7. Com esta mensagem muita gente aprende a ter saudades, mais não fim de tudo, que Deus abençoe a todos e todas.

    ResponderExcluir
  8. Gostaria muito que vc fizesse um sobre a perda de um filho(a) que nem chegou a conhecer!
    A perda que eu e muitas outras mães passam que é extremamente difícil de superar.
    Sou Fernanda tayla de Teresina- PI

    ResponderExcluir
  9. Gostaria muito que vc fizesse um sobre a perda de um filho(a) que nem chegou a conhecer!
    A perda que eu e muitas outras mães passam que é extremamente difícil de superar.
    Sou Fernanda tayla de Teresina- PI

    ResponderExcluir