Seguidores

domingo, 14 de outubro de 2012


É COM PESAR QUE ANUNCIAMOS O FALECIMENTO DA JOVEM ANA FLÁVIA CAMARA ANGELOZI. AOS 17 ANOS DE IDADE, FILHA DO CASAL LUCIENE CAMARA ANGELOZI E NEWTON ANTONIO ANGELOZI. 
ERA SOBRINHA DA NOSSA QUERIDA AMIGA MARFISA CAMARA CAVALCANTI SILVA.
SEU VELÓRIO ESTÁ SENDO REALIZADO NA CAPELA MORTUÁRIA JARDIM DA SAUDADE I LOCALIZADA À RUA JOÃO BETTEGA, 999 - PORTÃO - CURITIBA - PR, ONDE O CORPO TAMBÉM SERÁ SEPULTADO ÀS 11:00 HORAS DO DIA 15 DE OUTUBRO DE 2012.







NOSSOS SENTIMENTOS À FAMÍLIA DE MARFISA POR MAIS ESSA PERDA.

10 comentários:

  1. Oi Zelinda,
    Que triste notícia, sinto muito!
    Que Deus abençoe esta família, conforte o coração desses pais e dê muita força à todos.
    Deixo aqui o meu abraço solidário para todos.

    Amiga, deixei um comentário no teu post anterior.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi amiga...
      Obrigada pela força, a Marfisa tia da Ana Flávia foi para o grupo a quase 8 anos quando seu filho de 12 anos faleceu,de morte cardiaca ela e uma das Mães mais presentes no grupo.
      Todas nós estamos em estado de choque, fico pensando o que seria de nós se não fosse a nossa união e vcs que conhecemos através do blog, tdas neste barco sem rumo...
      Amiga te amo...

      Excluir
  2. Meu coração doeu, literalmente doeu, cheguei a senti-lo, quando li o triste comunicado, pela fatalidade e pela semelhança com a partida da minha filha...que foi levada tão rapidamente por uma broncopneumonia que nenhum médico conseguia acreditar!
    Só consigo, arrasada, dizer que sinto muito, da minha mais profunda dor de mãe. Que Nossa Senhora proteja mais essa mãezinha dilacerada e dê força à Marfisa.

    ResponderExcluir
  3. Que triste relato...
    Espero que LUCIENE e Newtom encontrem amparo nos braços de DEUS e que Marfisa se encontre forte pra confortar a família num momento tão doloroso.
    Ana Flávia com certeza já está sendo embalada no colo de DEUS,meus sentimentos a todos da família.
    Força Zelinda,
    Um enorme e carinhoso braço !!!

    ResponderExcluir
  4. Amiga obrigada Sandra pela força no teu comentário...
    Foi triste demais, muitos jovens e familiares sofrendo todos em estado de choque só quem passou sabe, as pessoas tenham uma noção a dimensão só nós sabemos.
    Em três dias tudo acabou foi para a Uti estava no Colégio quando começou as convulsões e foi direto para o hospital e nada pode ser feito para salva-la.
    O que está acontecendo com os nossos jovens... que plano DEUS tem para eles temos que acreditar e ter FË e esperar o nosso reencontro...
    Com carinho..

    ResponderExcluir
  5. sou avó da ana flavia ,quero deixar aqui registrado que ela não morreu de meningite ,ela nunca teve meningite ,até agora nem os médicos sabe o motivo das convulsão ,ela ficou internada e morreu de infeção hospitalar ,por favor retirem a morte por meningite isso é uma inverdade grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Senhora "Avó" paterna da Ana Flávia, gostaria de aqui também deixar registrado que no dia do falecimento da sua neta nos foi informado sobre a meningite e não tínhamos conhecimento de outras informações do atestado de óbito, o qual é horrível recebê-lo e lê-lo principalmente para os pais, digo-lhe isso, porque também recebi um com o laudo da minha amada filha. Mas como solicitado pela senhora retiramos o que nos foi pedido. Mantendo apenas o texto principal, pois somos "Amigos(as) Solidários(as) na Dor do Luto" principalmente das pessoas que fazem parte dele e seus familiares.

      Excluir
  6. Poderia me dizer, por favor, a causa da morte da Ana...

    ResponderExcluir
  7. Qual foi a causa da morte ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezadas:
      Sou tio da Ana Flávia, irmão da Luciene, e manifesto em meu nome e de toda a família a nossa gratidão pelos profundos sentimentos expressos. De nossa parte enviamos a todas o nosso mais forte abraço e manifestamos também nossa solidariedade. Certamente, a dor da perda de um filho é brutal, a nada comparável. Contudo, o fato de tê-los tido presentes e ao nosso lado durante algum tempo é, de alguma forma, um presente divino.
      Quanto à causa da morte, atestada no prontuário (e também na certidão de óbito) foi encefalite combinada com infecção pulmonar que se generalizou. Assim, ela foi internada com encefalite (que é muito aproximada da meningite) indo a óbito por conta da infecção pulmonar adquirida em razão da respiração mecânica.
      Um grande abraço a todas e, ainda uma vez, muito obrigado!

      Excluir