Seguidores

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

SAUDADE - PABLO NERUDA



Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...

Saudade é amar um passado que ainda não passou,
é recusar um presente que nos machuca,
é não ver o futuro que nos convida...

Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

Saudade é o inferno dos que perderam,
é a dor dos que ficaram para trás,
é o gosto de morte na boca dos que continuam...

Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
aquela que nunca amou.

E esse é o maior dos sofrimentos:
não ter por quem sentir saudades,
passar pela vida e não viver.

O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.
Pablo Neruda

O Dia de Finados é o dia da celebração da vida eterna das pessoas queridas que já faleceram. É o Dia do Amor, porque amar é sentir que o outro não morrerá nunca.
É celebrar essa vida eterna que não vai terminar nunca. Pois, a vida cristã é viver em comunhão íntima com Deus, agora e para sempre.

NOSSA PEQUENA HOMENAGEM A TODOS OS ENTES QUERIDOS QUE PARTIRAM ANTES DE NÓS...

2 comentários:

  1. Zelinda querida, lindo poema. Como é triste é o dia de hoje amiga, só Deus mesmo pra nos dar forças.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Zelinda,
    Que linda imagem, e esse poema é maravilhoso, eu já conhecia, mas sempre vale a pena ler de novo um bom poema.
    Obrigada pela força e pelo belo post!
    Luz e paz, hoje e sempre!
    Um beijo e um abraço apertado, minha amiga querida!

    ResponderExcluir